Lughnasadh - A Primeira Colheita

Atualizado: 8 de nov.

Conheça um dos 8 dias de maior poder na Roda do Ano, considerado o festival mais próspero, de extrema abundância e amor!

2 de Fevereiro é o dia da comemoração da primeira colheita no Hemisfério Sul.

É quando honramos a Deusa como ‘Senhora da Abundância’, a própria representação do amor, do nascimento e do crescimento.

Momento de agradecer à Deusa por cultivar todas as sementes que agora serão colhidas.


Lughnasadh significa “Festival de Lugh”, é a celebração em homenagem a Lugh, Deus das colheitas, do fogo e do Sol, que, com seu calor e luz, fertilizou tudo.

É tempo de trabalhos de arte, de ensinar o que aprendeu e celebrar a generosidade da colheita com poderosos ritos de gratidão.

Algumas tradições de Lughnasadh:

  • Servir pães feitos dos primeiros grãos da colheita, oferecê-los aos Deuses antigos, ao povo das fadas e aos animais;

  • Enfeitar o altar de Lughnasadh com os tradicionais pães redondos;

  • Honrar a fertilidade e a união da Deusa com o Deus, que sustenta a vida na Terra;

  • Confeccionar os "Potes Mágicos", poderosos amuletos para prosperidade e abundância, um dos símbolos mais tradicionais dessa comemoração;

  • Celebrar, em Círculo de Mulheres, a conexão com a natureza e com todos os seres da criação;

  • Reverenciar a Deusa no seu aspecto ‘Senhora dos Animais’;

  • Agradecer por toda bondade que recebemos da terra.


Deuses de Lughnasadh


As Deusas associadas a Lughnasadh são as senhoras dos cereais, dos animais e da abundância, como Ártemis, Bast, Ceres, Dana, Deméter, Epona, Gaia, Mawu, Rhea, Tailtu, A Mãe do Milho, A Mulher que Muda, A Rainha das Terras Amarelas, entre outras. Lugh e os Deuses das colheitas e dos grãos também são associados a essa celebração.


Escolhi, dentre as Deusas de Lughnasadh, falar um pouco sobre Deméter, a Deusa da Colheita. O nome Deméter significa “Mãe Terra”. Os gregos acreditavam que Ela é quem teria ensinado aos homens a arte da agricultura. Ela é considerada a Deusa da Terra e de toda vida que vem da terra. Ela simboliza os frutos da terra cultivada e sobretudo o trigo.

É atribuída a Ela a responsabilidade pela capacidade de nutrir e gerar frutos e grãos.

Representa o instinto, a maternidade, a nutrição, o crescimento. Ela é quem propicia a fertilidade do solo, considerada a mais generosa das Deusas.


Amarre uma fita verde num feixe de trigo, pendure-o sobre a porta de entrada de sua casa e chame por Deméter, pedindo abundância, fartura, proteção e bênçãos para o lar.


Pote Mágico


Durante a celebração de Lughnasadh é tradicional a confecção da "Garrafa" ou "Pote Mágico". Conhecido antigamente como "Pote da Bruxa", esse encantamento pode ser produzido para uma infinidade de objetivos.


Conecte-se com a energia de Lughnasadh confecionando o seu pote!

Trago para vocês receitas de 3 Potes Mágicos:



Pote de Prosperidade

  • Escolha um pote ou garrafa de vidro.

Adicione:

  • Canjica - um dos alimentos de Lughnasadh;

  • Arroz - regido pelo Sol, para abundância;

  • Feijão - traz amor, sexualidade e fertilidade;

  • Café - para proteção da casa;

  • Milho e Lentilha - para abundância, prosperidade e dinheiro;

  • Citrino e Pirita;

  • Quartzo Verde

  • Moedas correntes;

  • Especiarias como Canela e Açafrão;

  • Flores secas;

  • Pétalas de Crisântemo ou Rosas amarelas;

  • Manjericão ou outras ervas de prosperidade.


Feche-o bem, acenda uma vela (com cuidado para que não aconteçam acidentes) e faça seus pedidos de prosperidade.

Após este ritual, guarde o pote em sua cozinha ou escritório até o próximo Lughnasadh.



Pote de Amor

  • Escolha um pote ou garrafa de vidro.

Adicione:

  • Água de Rosas ou Vinho

  • Lavanda (óleo essencial);

  • Gerânio (óleo essencial);

  • Ylang-ylang (óleo essencial);

  • Quartzo Rosa.

Para aumentar a libido e a sensualidade, adicione:

  • Jaspe Vermelho, Quartzo Fumê ou Jacaré - caso esteja com a libido muito baixa;

  • Agata Fogo ou Linghan de Shiva - para liberar a sensualidade.

Para casamento, adicione:

  • Pétalas de Rosas;

  • 2 Quartzos Rosa;

  • 2 Ametistas;

  • 1 Berilo ou Pó de Alcaçuz - para fidelidade;

  • Escrever em um papel todos os pedidos e colocar dentro do pote.


Feche-o bem, acenda uma vela (com cuidado para que não aconteçam acidentes) e reforce seus pedidos de amor.

Após este ritual, guarde-o num lugar da casa onde a família se reuna, caso o pote seja para amor geral, na cabeceira da cama , caso seja uma abertura de amor para você, ou ainda, se for para o amor do casal e aumento de libido, guarde-o embaixo da cama do casal.



Pote de Proteção

  • Escolha um pote ou garrafa.

Adicione:

  • 1 punhado de Sal Grosso;

  • Alguns alfinetes;

  • 1 ramo de Alecrim;

  • 1 ramo de Arruda;

  • 1 ramo de Guiné;

  • 1 pedaço de Espada de São Jorge;

  • Encha o restante do pote com vinho.


Feche-o bem, acenda uma vela (com cuidado para que não aconteçam acidentes) e faça seus pedidos de proteção.

Após este ritual, enterre ou esconda o pote em um lugar da casa que não fique a vista das pessoas.

O elemento mais importante do banquete de Lughnasadh é o pão.


O pão é um elemental por si: Terra, Ar, Fogo e Água são combinados e resultam em um alimento que sustentou milhares de pessoas durante séculos.

Em seu preparo, são combinadas as sementes da terra, a água - substância que deu origem a todas as coisas -, o ar - no momento em que sovamos o pão - e o fogo - quando o levamos ao forno.

Além de levar sal - o grande agente purificador - e levedura - o sagrado transformador dos Deuses.

Os pães são preparados em formatos redondos, para simbolizar a Deusa, a Roda do Ano, o Deus da Colheita e o Sol.

Ervas frescas, frutas e vegetais, amoras pretas, tortas, bolo de milho, canjica, arroz doce, chá de ervas, cerveja, cidra e vinho de pétalas de rosas completam o banquete de Lughnasadh.


Altar e Encantamentos de Lughnasadh


Aproveite os ritos de Lughnasadh para canalizar a energia deste momento mágico:

  • Faça velas para honrar a Deusa e o Deus;

  • Colete água de tempestade para para uso em feitiços e potencializar objetos mágicos;

  • Faça um piquenique mágico, de pão e vinho, com libações para a terra.


No altar de Lughnasadh podemos colocar:

  • O Pão, decorado com frutas frescas;

  • Velas laranjas, marrons ou verdes;

  • Flores e sementes de Girassol.


Use aromas de:

  • Hortelã;

  • Louro;

  • Alecrim entre outras;



 

Faça uma meditação avaliando a sua “colheita pessoal”, contando os sucessos e os fracassos. Avalie também tudo aquilo que você deveria abrir mão ou rejeitar, limpando, assim, a terra e guardando novas sementes para novos plantios!

 

Você pode participar do Ritual de Lughnasadh - A Primeira Colheita junto comigo!

Para se inscrever, mande uma mensagem pelo Whatsapp (51) 996730719. Investimento: R$ 80,00.


 

Fontes pesquisadas: 'O Anuário da Grande Mãe' - Mirella Faur; 'Wicca Religião da Deusa' e 'Todas as Deusas do Mundo' - Claudiney Prieto; 'O Oráculo da Deusa' - Amy Sophia.

31 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Blog Janinne.png